Liga das Nações garante competitividade e rivalidade entre seleções do velho continente

Uma novidade está mexendo com todos os corações da Europa. Com o objetivo de utilizar as datas Fifa para intensificar a preparação já visando a Eurocopa 2020, a UEFA organizou a Liga das Nações, um torneio amistoso que parece que já caiu nas graças do torcedor. Grandes jogos, sucesso de público e muita rivalidade em campo. A competição entre seleções europeias coloca frente a frente grandes times do velho continente. Além da tradição das camisas, o torneio também está cheio de craques. O melhor do mundo, Modric, está confirmado com a Croácia, assim como Cristiano Ronaldo, que defende Portugal em mais uma temporada. Outros personagens, que não estiveram na última Copa do Mundo, como Bale, de País de Gales, e Robben, da Holanda, também são destaques.

Entenda a Liga das Nações

Na Liga das Nações, as 55 seleções europeias associadas à Uefa serão separadas em quatro divisões (Ligas), conforme as posições ocupadas no ranking da Fifa de novembro de 2017, feito logo depois das Eliminatórias para a Copa da Rússia. O sistema de distribuição das equipes permitiu que o torneio tivesse grandes clássicos.

A Liga A, divisão que reunirá as potências europeias, será formada por quatro grupos. Em cada um deles, três seleções se enfrentarão. Ao fim de seis rodadas, os líderes de cada chave vão avançar e se enfrentar nas semifinais do torneio que acontecem em junho de 2019.

Por outro lado, os lanternas de cada um dos grupos serão rebaixados para a Liga B da próxima edição da Liga das Nações e darão lugar aos quatro líderes de chave da “segunda divisão”.

Esse sistema de acessos e rebaixamentos se aplicará a todas as divisões do torneio. Ou seja, os últimos colocados dos grupos da Liga B cairão para a Liga C. Da mesma forma, os lanternas da C irão para a D. Já os líderes dos grupos da C, conseguirão vaga na B, e os maiores pontuadores das chaves da D ascenderão à C. As Ligas A e B ficarão sempre com 12 participantes cada. A Liga C, por sua vez, contará com 15 seleções, e a D será formada por 16. Todas as divisões sempre terão quatro grupos.

Outra novidade é que o campeão de cada Liga disputa um playoff, em março de 2020, disputando vaga direta na Eurocopa 2020. Somente as seleções que não estiverem classificadas podem disputar esta eliminatória. Assim, é a grande chance para seleções da Liga C e D conquistarem a vaga.

Rodada 3 com confronto de Copa do Mundo

A fórmula de disputa da Liga das Nações garante grandes confrontos em todas das rodadas da competição. Na terceira, não será diferente. Entre os dias 11 e 13 de outubro, as seleções voltam a competição e já tem duelo de gigantes marcado, enfrentamento que já marcou semifinal de Copa do Mundo.

É amigo, não tem jogo fácil. Reeditando a última semifinal do Mundial da Rússia, Croácia x Inglaterra se enfrentam no dia 12, pelo grupo 4 da Liga A. Para quem não se lembra, os dois times se enfrentaram na semifinal da Copa 2018 com vitória croata por 2 a 1, com gol da vitória marcado por Mandsukic na prorrogação.

Aquela partida ainda está na memória dos jogadores das duas equipes, que esperam fazer outro grande jogo, agora pela Liga das Nações. A partida é tratada como decisiva. Quem vencer ganha força na luta pela única vaga.

Croácia e Inglaterra ainda não venceram na competição e estrearam com derrota diante da Espanha, líder do grupo. A vice-campeã mundial levou 6 a 0 dos espanhóis. Com Luis Enrique no comando e Asensio liderando dentro de campo, a Roja não tomou conhecimento dos atuais vice-campeões do mundo.

Já os ingleses foram derrotados por 2 a 1. A estreia com o pé direito na Liga dos Campeões ao bater a semifinalista do último Mundial em Londres, deu a sensação de que os espanhóis poderiam ter ido mais longe na Copa da Rússia.

Outros grandes jogos complementam a rodada. Um dia antes, pelo grupo 3 da Liga A, Polônia x Portugal fazem um confronto interessante. Para começar, os teimes têm dois dos maiores artilheiros da Europa. O confronto coloca frente a frente Lewandowski e Cristiano Ronaldo, duelo muito comum antes em jogos entre Bayern de Munique x Real Madrid. Vale lembrar que a quarta rodada também acontece na próxima semana, entre os dias 14 a 16/10. Duas partidas entre grandes seleções de destacam: Espanha x Inglaterra, pelo grupo 4, dia 15, e França x Alemanha, pelo grupo 1, dia 16.

Clique aqui e confira todos os jogos da próxima rodada da Liga das Nações

Liga das Nações tem muitos gols até agora

A Liga das Nações começou bastante disputada e com muitos gols. Foram disputadas até agora 46 jogos e marcados 102 gols, uma média de 2,21 por partida. As maiores goleadas estão na Liga A: Suíça 6 x 0 Islândia, pelo grupo 2 e Espanha 6 x 0 Croácia, pelo grupo 4. O melhor ataque é da Fúria com 8 gols marcados. A pior defesa é da Islândia com nove gols sofridos. Os espanhóis Rodrigo e Níguez dividem a artilharia da competição com o belga Lukaku, com dois gols cada.

As probabilidades da Liga das Nações

A rivalidade entre as principais seleções da Europa mexe com o banco de apostas em todo o mundo. A chance de torcer pelo seu time favorito e ainda ganhar com isso atrai muitos fanáticos apostarem nas principais casas e sites de apostas.

No nosso site, você acompanha todos os Odds de cada seleção que disputa a Liga das Nações. A grande favorita em ganhar a competição é a Espanha, com 3.75 das apostas. A campeã do mundo na última Copa, França, vem em segundo com 4.50. Em terceiro lugar das probabilidades está a Bélgica com 5.00 das apostas. A poderosa Alemanha está na quarta posição com 7.50.

No Bodog também é possível apostar em cada partida e também nos vencedores de cada grupo. No grupo 1 da Liga A, por exemplo, a França é a favorita entre as apostas com 1.50. Não fique fora dessa!